Um dos momentos mais esperados no desenvolvimento do bebê são os primeiros passos. Todo pai e mãe quer estar presente para ver seu filho dar aqueles primeiros passinhos, ainda meio cambaleantes, tirando fotos, filmando e se emocionando ao ver aquele ser tão pequenino indo em sua direção pela primeira vez. Esse é realmente um momento emocionante e que deve ser marcado com alegria.

Não existe uma idade certa para que o seu bebê dê os primeiros passos. Isso pode acontecer em qualquer momento entre os 8 e 18 meses da vida dele. Se até os 18 meses seu bebê não der nenhum sinal de que quer começar a andar, é bom procurar um médico. Mas nada de ficar comparando o seu bebe com os outros, cada criança tem seu próprio tempo para começar a rolar, engatinhar e andar, e você como mãe ou pai deve respeitar este tempo.

Se seu filho demorou um pouco para começar a engatinhar, ele provavelmente vai demorar um pouco para começar a andar. O importante é que o seu bebê esteja se desenvolvendo e aprendendo coisas novas. Lembrando que bebês prematuros podem demorar um pouco mais para começar a engatinhar e andar. Isso é normal e não quer dizer que seu filho terá qualquer tipo de problema. Começar a engatinhar com 8 ou 18 meses não é um indicador de inteligência, é apenas seu filho se desenvolvendo no tempo dele.

Mas se seu filho já começou a engatinhar e a se colocar de pé segurando nos móveis ou brinquedos, existem sim algumas coisas que você pode fazer para estimular o bebê a dar os primeiros passos. O mais importante nesse momento é transmitir segurança e calma para o bebê. Ele com certeza vai cair algumas vezes antes de conseguir se manter de pé sem apoio, então não fique nervosa, não se apavore e não grite de susto ou com o seu bebê se ele cair. Este é o momento de ficar calma, respirar fundo e ajudar seu filho a se colocar de pé e tentar novamente.

Se seu bebê já fica de pé se apoiando nas coisas, tente estimulá-lo a dar seus primeiros passos usando um brinquedo ou chamando-o para você. Não fique muito longe nem coloque o brinquedo muito distante, pois uma distancia muito longa pode frustrar a criança. Se ele chegou ao destino ou caiu pelo caminho não importa, mostre que você está orgulhosa com a tentativa e incentive novos passos.

Se seu filho mostrar sinais de cansaço, não force, deixe-o descansar antes de tentar novamente. Aprender a andar é uma tarefa difícil e o seu bebê vai demorar ainda algum tempo antes de dominá-la completamente. Cada criança tem um tempo, e forçar um bebê cansado a continuar pode prejudicá-lo não só emocionalmente como fisicamente.

O uso do andador não é recomendado pelos médicos. Além da possibilidade de cair em algum degrau ou virar com a criança tentando alcançar alguma coisa, ele não deixa que os pés da criança encostem completamente no chão, limita o alcance dela aos objetos ao redor e não deixa a criança ver as próprias pernas, o que dificulta o aprendizado.

Deixar o bebê descalço, em um ambiente limpo (tanto de poeira/sujeira quanto de objetos no caminho) e com alguns lugares para ele se apoiar além dos estímulos criados por você é mais do que suficiente para ajudar seu bebê a dar estes primeiros passos. Assim que seu filho se sentir confiante, ele vai tentar se equilibrar sem apoio.

A confiança de que você estará por perto para ajudar se necessário é tudo o que o bebê precisa para começar a se equilibrar sozinho. A cada tentativa a confiança cresce, assim como o equilíbrio e, aos poucos, seu filho vai aprendendo o melhor jeito de colocar os pés um na frente do outro.

Cada marco do desenvolvimento do seu bebe é um momento a ser comemorado. Demonstrar que cada novo aprendizado é importante ajuda também no desenvolvimento emocional do seu filho, dê os parabéns, dê um abraço, demonstre de alguma forma que a cada coisa nova que ele aprende você não só está vendo, mas também apóia e encoraja o seu bebê a aprender cada vez mais.

Quando você menos esperar, seu bebê já vai estar correndo de um lado para o outro, sem precisar de nenhum apoio. E você se verá correndo atrás dele, cuidando para ele não cair em degraus, não trombar com móveis e não entrar em lugares que você nunca imaginou que ele conseguisse entrar. Por isso aproveite cada fase da vida do seu filho, pois elas passam rápido.

A Be Little quer participar de todos estes momentos com você, e para isso trabalha todos os dias para criar roupas e acessórios que ajudem seu filho a crescer e se desenvolver. Nossas linhas de roupas para meninos e para meninas oferece vários tipos de roupas, desde bodies, macacões, pijamas e conjuntos, cada um feito com carinho para ajudar nos movimentos e no desenvolvimento do seu bebê.

Compartilhe com a gente os primeiros passos do seu bebê, deixe um comentário com a história deste momento tão importante da vida dele e da sua.