Nascer mulher é um privilégio. Somos fortes, guerreiras, sensíveis, sedutoras e independentes.

Somos aquilo que queremos ser, filha, mãe, irmã, esposa, companheira.

Sonhadoras, fazedoras, trabalhadoras: nos desdobramos em mil para conquistar nossos sonhos e ajudar nossos queridos.

Vemos o mundo de forma diferente, com mais doçura e sensibilidade. Nossos olhos pintam o mundo com cores mais fortes. Nos apaixonamos, e o mundo passa a ser cor de rosa. Nos entristecemos, e tudo ganha um tom azulado. Na raiva, o mundo explode em vermelho. E a cada novo sentimento, uma nova cor envolve o mundo, e vemos as coisas de uma nova perspectiva.

Hoje pode ser oficialmente nosso dia, e devemos comemorá-lo. Mas na realidade todo dia é nosso dia. Todo dia é uma batalha. Uma batalha de vontades, de sonhos, de trabalho, de cuidado com os filhos, com a casa, com o marido. Uma batalha que lutamos todos os dias, só pra levantar da cama e enfrentar um novo dia.

Ser mulher é um privilégio. Enfrentamos nossos medos e sentimentos no cara a cara, e mesmo quando eles nos abalam, continuamos firmes e fortes, vencendo aos poucos ou em grandes vitórias. O mais importante é continuar lutando, sonhando, lutando e trabalhando na esperança da vitória. Conquistando e celebrando cada conquista, a cada dia batalhado na busca dos nossos sonhos e desejos.

Parabéns! Hoje é o nosso dia! Vamos celebrar hoje e sempre todas as nossas conquistas!