Nem todas as gestações são esperadas e planejadas. Muitas vezes é uma surpresa para a futura mamãe, quando ela descobre que está gravida. Por isso, nem toda gravidez é descoberta nas primeiras semanas, e em alguns casos, a gravidez só é descoberta depois de alguns meses.

Se você está tentando ter um bebê, provavelmente presta atenção em todos os possíveis sintomas que indiquem uma gravidez, mas mesmo que você não esteja tentando, existem sintomas que podem indicar a gravidez, desde os primeiros dias após a implantação do óvulo no útero.

Mas existem, sim, casos em que as futuras mamães não descobrem que estão gravidas por alguns meses, normalmente em mulheres que não estão tentando ter um bebê, e possuem um ciclo menstrual muito irregular. Em casos como estes, os sintomas iniciais da gravidez podem passar despercebidos por alguns meses, e a gravidez só é descoberta quando os sintomas ficam muito fortes, ou em uma consulta ginecológica de rotina.

Normalmente, o principal sintoma que indica a gravidez é o atraso na menstruação. E é depois desse atraso que você percebe que alguns dos sintomas que você não deu importância antes, já mostravam que você estava grávida. Entre estes sintomas, que aparecem logo nos primeiros dias depois da implantação do óvulo, estão: Corrimento vaginal cor-de-rosa, cólica e inchaço abdominal, mamas sensíveis e inchadas, urinação mais frequente, espinhas, cravos e pele oleosa, cansaço fácil, enjoo, tontura, dor de cabeça, aversão a cheiros fortes e variação de humor.

Alguns destes sintomas são comuns da TPM, o que faz com que muitas mulheres não suspeitem de uma gravidez até notarem o atraso na menstruação, mas seu corpo vai começar a mudar e a se preparar para a chegada do bebê assim que a fecundação acontecer. E alguns destes sintomas continuam pelos primeiros meses de gestação e, em alguns casos, durante toda a gravidez.

A implantação do óvulo na parede do útero pode acontecer entre 7 a 15 dias depois da fecundação do óvulo, e é apenas depois que isso acontece que a gravidez realmente se inicia. É também com a implantação que aparecem os primeiros sintomas, já que o fluxo de sangue na região pélvica e abdominal aumenta, podendo causar cólicas, sangramentos e inchaço na região. Mas apesar de estes sintomas, mais o atraso na menstruação, serem sintomas da gravidez, é necessário confirmar o diagnóstico através de testes de farmácia, testes de sangue ou de uma consulta com o seu ginecologista.

É muito importante o acompanhamento médico durante toda a gravidez, assim como é muito importante ouvir os conselhos do seu médico em relação aos cuidados pré-natais necessários, quais as vitaminas e remédios permitidos e indicados para mulheres grávidas, e para tirar qualquer dúvida que você tenha em relação ao que é permitido ou não fazer durante a gravidez.

É importante, também, conversar com o seu médico em relação aos sintomas da gravidez que você sente, em alguns casos, enjoos muito fortes podem atrapalhar a alimentação e nutrição da mãe e do bebê.

Ter uma alimentação saudável e balanceada é muito importante, desde as primeiras semanas da gravidez, afinal, você está Comendo por Dois. Você é a fonte de nutrientes do seu bebê, por isso, mesmo nos dias de enjoo mais fortes, é importante que você faça o possível para se alimentar. Comer varias vezes ao dia, ao invés de três, pode ajudar a diminuir o enjoo, assim como ter sempre por perto bolachas de água e sal, chá ou bebidas com gengibre e exercícios respiratórios que podem ajudar a passar o enjoo.

Tentar se manter relaxada e descansada e também ajuda, tanto na diminuição dos incômodos como no desenvolvimento saudável do bebê. Conforme os meses vão passando, e o seu bebê vai se desenvolvendo e crescendo, você vai sentir uma necessidade maior de parar e descansar, nem que seja por alguns minutos. Escute o seu corpo, descanse quando achar necessário, coma o que der vontade e não se force a fazer ou comer algo que não sente vontade.

Por mais que você queira, e possa, fazer muitas coisas por si mesma, deixe que seu companheiro ajude a carregar sacolas, movimentar moveis e a cumprir outras tarefas cansativas. Gerar um novo ser humano já é um trabalho cansativo, e você não precisa se preocupar e se estressar ainda mais fazendo coisas que seu companheiro ou familiares podem fazer por você.

Consulte seu médico para tirar todas as dúvidas que você possa ter, inclusive sobre como será o parto, a amamentação e os cuidados necessários com o seu bebê e com você logo após o nascimento. Aproveite o tempo da gestação para organizar o Quarto do Bebê, relaxar com um pouco de Musica e Escolher o Nome do seu Bebê.

A Be Little possui uma Lista de Enxoval para ajudar você a se preparar para a chegado do seu filho, com dicas de tipos e quantidade de roupinhas necessárias para os primeiros meses de vida do seu bebê.

Deixe um comentário contando pra gente como você descobriu que estava grávida ou com historias sobre os sintomas que você tem passado e receba um presente surpresa!