Descobrir uma gravidez de gêmeos (ou mais) pode ser assustador. Não só pela quantidade a mais de bebês do que a mãe esperava, mas também pela ideia de que você será responsável não só por uma pessoinha, mas por duas (ou três ou quatro).

Não basta saber quais os cuidados necessários para se cuidar de um bebê e multiplicar pelo numero de bebês, a conta feita dessa maneira requer um numero de horas a mais do que existe em um único dia. É necessário muita paciência e jogo de cintura para saber como lidar com duas pessoinhas querendo e precisando da sua atenção ao mesmo tempo.

Independentemente de serem idênticos ou não, você vai precisar aprender a lidar com dois bebezinhos diferentes, com personalidades diferentes e que, conforme vão crescendo, começam a demonstrar vontades e preferencias diferentes. E já é possível ver essa diferença no útero. Um bebê normalmente é mais calmo e o outro mais agitado, um se mexe mais ou chuta mais enquanto o outro prefere ficar quietinho no mesmo lugar.

Essas diferenças ajudam você a identificar cada bebê enquanto ainda estão dentro de você, mas você deve lembrar que, mesmo depois de chegarem ao mundo, eles continuam sendo dois bebezinhos diferentes, e que ambos precisam da sua atenção e do seu cuidado.

Vestir seus filhinhos com roupas iguais pode ser uma tentação maior do que você consegue resistir, mas conforme seus filhos vão crescendo, vesti-los com a mesma roupa pode ser prejudicial para a percepção que eles tem de si mesmo. É importante que você deixe seus filhos descobrirem suas próprias vontades e personalidades, e isso começa pela roupa.

Vamos continuar falando da criação de gêmeos nos próximos posts, deixe um comentário com suas dúvidas e perguntas sobre o assunto e tentaremos responder nas próximas postagens!

Criando Gêmeos (parte 2)