Ouvir os primeiros balbucios de seu bebê é emocionante. Os primeiros sons, além dos diferentes tipos de choro, serão, provavelmente uma repetição de vogais ou de silabas simples, como “babababa” ou “mamamamama”. São estes os primeiros sinais de que seu bebê está pronto para começar a se comunicar com o mundo, e com você. Isso começa a acontecer a partir dos 6 meses de vida, mas se seu bebê já está ou passou dessa idade e ainda não começou a balbuciar, isso não necessáriamente significa que ele tenha algum problema. Você só precisa começar a se preocupar se seu filho ainda não realizou nenhum tipo de som até completar 24 meses de vida.

Se for este o caso, vale levar seu filho a um pediatra e a um fonoaudiólogo, que poderão investigar e descobrir se existe algum problema físico ou emocional que impede seu filho de falar.

Aqui vão 11 dicas para ajudar e estimular seu bebê a pronunciar suas primeiras palavras:

  • Fale sempre com o seu bebê. Os primeiros sons que seu bebê vai dizer serão uma imitação daquilo que ele escuta. Quanto mais você falar com ele, maiores serão a chance de ele tentar te responder. E sempre que possível, aja como se estivesse tendo uma conversa com seu bebê, deixando algum tempo em silencio entre uma frase e outra, e continue como se seu bebê tivesse respondido ao que você disse. Isso dá espaço para que ele tente se comunicar com você.

  • Procure sempre falar corretamente. Fale com seu fiho da mesma forma como você fala com todas as outras pessoas, para que seu bebê possa ouvir todos os tipos possíveis de sons existentes na sua língua. Evite falar com a voz mais aguda, utilizando apenas palavras no diminutivo e vocabulário infantilizado, seu filho vai imitar o que você diz, e se você falar com ele apenas desta forma, é assim que ele irá te imitar.

  • Mantenha contato visual. Seu bebê vai se sentir mais próximo e poderá observar melhor os movimentos da sua boca se você mantiver contato visual com ele. Aproveite esse tempo para aconchegar seu bebê nos braços enquanto fala e conseguir aquele contato que seu bebê tanto gosta.

  • Cuidado com a euforia. É importante estimular e incentivar seu bebê a falar, mas vale tomar cuidado com a sua reação. Demonstrar muita euforia nesse momento pode assustar o bebê e atrapalhar esse momento tão importante do desenvolvimento do seu bebê.

  • Apoie e incentive a socialização com outras crianças. Se seu bebê tem um irmão mais velho, um primo ou outra criança por perto, deixar que eles interajam nas brincadeiras e outras atividades do dia a dia pode ajudar ainda mais seu bebê a querer imitar a outra criança.

  • Dê espaço para seu bebê pedir o que quer. Mesmo que você saiba antes mesmo de seu filho o que ele quer, deixar tudo à mão não é uma boa ideia. Além de mimar a criança, esse hábito não dá espaço para que seu filho tente e queria comunicar aquilo que ele quer. Deixar que seu filho peça por algum brinquedo estimula a comunicação e a necessidade da fala na criança.

  • Brinque com seu filho. Aproveite os momento de brincadeira para interagir com seu bebê, apontando objetos e pessoas, falando o nome, a cor, o formato... Isso ajuda com o vocabulário do seu filho e estimula a fala.

  • Deixe que o som da sua voz seja ouvida. Desligue televisões, computadores, radios e tablets nos momentos em que estiver brincando ou conversando com seu bebê. A interferencia dos sons produzidos por estes aparelhos em contraposição com a sua voz pode confundir a criança.

  • Aproveite todas as oportunidades do dia a dia. Você provavelmente já está cansada de ouvir sobre a importância de criar uma rotina para seu bebê, mas você pode aproveitar momentos específicos dessa rotina, como a hora do banho, de brincar, de ler um história para o seu filho e de dar de comer como momentos de aprendizado e de incentivo a fala.

  • Imite seu bebê. Quando seu bebê começar a pronunciar as primeiras sílabas, você pode imitar ele, isso mostra ao bebê que o que ele está fazendo está certo, e estimula ele a imita-lo de volta, continuando o ciclo de aprendizagem.

  • Cuidado com a forma como você corrige seu filho. Não brigue, grite ou corrija seu filho de forma alvoroçada quando seu filho disser alguma palavra errada. Repita a frase que ele disse em forma de pergunta utilizando a forma correta da palavra, assim seu filho vai perceber o erro e corrigí-lo por si mesmo.

Aproveite estes momentos de aprendizado e desenvolvimento do seu filho ao máximo. Curta estes momentos e procure participar ativamente desta fase. Seu filho vai aprender muito mais e muito mais rapidamente com a sua ajuda.

A Be Little quer ajudar você a curtir todos estes momentos, para isso, nossa linha de roupinhas e enxoval possui macacões, pijamas, toalhas e conjuntinhos que vão deixar seu filho super confortávem em qualquer momento do dia.

Aproveite nosso saldão de verão com produtos com até 40% de desconto!